Home Pesquisar Endereços úteis Meio Ambiente Astronomia Recicle Classificados Dinossauros Anuncie Noticias Fale Conosco
   
Animais em extinção
   
 


Estado do ACRE esta isolado do território brasileiros pela chuva

Água do Rio Madeira já cobre 800 metros da BR-364 entre RO e AC Se água continuar avançando passagem de veículos ficará impossibilitada. Empresa deve cobrar pedágio para auxiliar na travessia de carros, diz PRF.

A BR- 364 sentido Porto Velho/Rio Branco já está com dois pontos críticos de alagamento totalizando 800 metros de extensão. O trecho que fica a 158 Km de RO/AC está com correnteza e já encobre parte da pista, segundo o Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal de Rondônia (PRF-RO).

Parte da BR-364, único acesso terrestre para o estado do Acre, já está alagado (Foto: Defesa Civil/Divulgação)


De acordo com o inspetor João Bosco Ribeiro, da PRF-RO, a lâmina d’água é de 50 centímetros e, apesar da dificuldade de passagem de veículos, ainda têm condições de trafegabilidade. No entanto, ele alerta que se o Rio Madeira subir mais 5 cm, carros de passeio ficarão impossibilitados de passar. A BR-364 é o único acesso terrestre entre o Acre e Rondônia.

Nesta segunda-feira (19), o nível do Rio Madeira atingiu pela manhã 17,81 metros, um aumento de 4 centímetros em 24h. A marca é considerada histórica já que ultrapassa a maior já registrada em 1997 de 17,52 metros.

O inpetor da Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF-AC), Nelis Newton, disse ao G1 que ainda não há motivos para pânico. "Não há motivos, por enquanto, para gerar pânico na população do Acre. Nós estamos fazendo o acompanhamento, a balsa está passando e os carros de passeio também.

Ainda não tivemos nenhuma informação de fechamento da BR-364. Nós estamos em contato direto com a Polícia Rodoviária Federal de Rondônia que passa todas as informações para a gente", informa.

A Polícia Rodoviária Federal de Rondônia confirma a intenção de uma empresa, sediada em Jacy-Paraná (RO), de prestar auxílio remunerado na passagem, por meio de pranchas. Dessa forma, os carros poderiam transpor essas áreas alagadas. “Trata-se de uma empresa credenciada para o transporte de veículos acidentados.

Portanto, não podemos intervir”, diz.
Ele não soube informar a respeito dos valores que poderiam ser cobrados no pedágio. As informações foram colhidas por agentes da PRF, às 9h30 desta quarta-feira (19). A balsa sobre o Rio Abunã continua dando condições de travessia.

Colaborou Assem Neto, do G1 RO.


 

 

Pedimos sua atenção:
 

Novo sistema de governo (inventado) para o Brasil é (Apolítico), ou seja, sem políticos, troque a irresponsabilidade pela responsabilidade, de o seu apoio no site: http://www.sfbbrasil.org

 

 

 

 



C
onheça o A
che Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros, coloque-o em seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo, gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.
Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região

PUBLICIDADE
 







Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. (Politica de Privacidade). Revisado em: 20 fevereiro, 2014. Melhor visualizado em 1280x800 pixel