Reciclagem Emprego Desaparecidos Astronomia Ecologia Animais Dinossauros Vídeos Noticias Pesquisar Anuncie Home

Retorno

Lista de Mamíferos

Zebra

 
 
 

Morcegos varias espécie

(Demodus rotundus)

Morcegos, Nossos Amigos e Colaboradores.

Não matem estes mamíferos  de cindo dedos, eles são a esperança de vida a muitas coisas.

Utilidade na Medicina e formação das Floresta devastadas

 

 
This text will be replaced

10 MOTIVOS PARA CONSERVAÇÃO DOS MORCEGOS

  1.    Morcegos são importantes elo na cadeia alimentar.

  2.    As fezes dos morcegos constituem ótimo adubo.

  3.    Na saliva do morcego vampiro há uma substância anti-coagulante e poderá ser empregada largamente no tratamento de doenças vasculares.

  4.    Morcegos poderão atuar como controladores de pragas na agropecuária.

  5.    Morcegos tem sido analisados na utilização do sonar que poderá ajudar o homem.

 
  1. São grandes controladores de insetos.

  2. São responsáveis pela formação de florestas.

  3. Há morcegos que se alimentam de pequenos animais, como os ratos, controlando-os.

  4. Morcegos ajudam na reprodução de mais de 500 espécies de plantas.

  5. Morcegos são utilizados em pesquisas, inclusive de medicamentos, que poderão ajudar o homem.

   O morcego hematófago ou seja Vampiro(Demodus rotundus), possui glândulas na boca que secretam um potente anticoagulante (usado depois da mordida para manter jorrando    o sangue de suas presas). Apenas algumas gotas dessa substância poderia dissolver trombos e coágulos em seres humanos, evitando ataques de coração.

O que os Morcegos

                 São e Não são

  • Morcegos não são ratos!

  • Morcegos não são aves!

  • Morcegos não são insetos!

  • Morcegos não são cegos!

  • Morcegos não são demônios!

morcego-zangão, de nome científico Craseonycteris thonglongyai

             

  • Morcegos são os mamíferos que têm as dietas mais diversificadas! Apenas três das quase 1.000 espécies se alimentam de sangue.

  • Morcegos não são todos pretos ou cinzas! Há morcegos de várias cores (inclusive amarelos e vermelhos)!

  • Morcegos não se emaranham nos cabelos das pessoas!

  • Morcegos não "mordem e assopram"! A mordida de um morcego-vampiro é quase indolor a um cavalo, porque é muito superficial.

  • Morcegos morrem, quando pegam raiva!

  • Morcegos não mordem pessoas, a não ser que se tente pegá-los com as mãos (exceto em raríssimos casos de ataques de morcegos-vampiros).

 

LOCAIS MAIS PREFERIDOS PELOS MORCEGOS URBANOS E PERI-URBANOS

  1. Casas – forros (caibros, linhas, paredes), sótãos e porões, frestas na paredes e marquises.

  2. Armazéns fechados.

  3. Garagens.

  4. Igrejas.

  5. Túneis e bueiros.

  6. Silos.

  7. Pontes.

  8. Poços de água (cacimba e cisternas).

  9. Árvores próximas (folhagens, ocos e galhos).

  10. Outros locais escuros da casa (móveis, cortinas, plantas,

 

 

TIPOS DE MORCEGOS MAIS COMUNS NAS CONSTRUÇÕES HUMANAS

 

GÊNEROS

LOCAIS MAIS ENCONTRADOS

ALIMENTAÇÃO

Phyllostomus

Sótãos, ocos, folhagens

Onívoro

Glossophaga Casas, bueiros, folhagens

Néctar e pólen

Carollia Casas, túneis, minas

Frutas

Artibeus árvores próxima à residências, casas

Frutas

Lasiurus Casas, árvores

Insetos

Eptesicus Ocos, casas

Insetos

Mollossops Casas, telhados, ocos, forros, vão de dilatação

Insetos

Mollossus Casas, telhados, ocos, forros, vão de dilatação

Insetos

Eumops Cumeeiras, sótãos, forros

Insetos

 

    Morcegos são mamíferos, assim como nós e os ratos, tendo pêlos, regulando internamente sua própria temperatura ("sangue quente") e amamentando seus filhos. Nós todos pertencemos à uma classe de seres vivos chamada Mammalia. As aves estão em uma outra classe chamada Aves.

    Cada classe é dividida em ordens, sendo que a nossa se chama Primates, os primatas, onde também se incluem os macacos, micos, sagüís etc. A ordem dos ratos, cutias, pacas e capivaras chama-se Rodentia, os roedores.

Já a ordem dos morcegos se chama Chiroptera, que significa "mãos em forma de asas" (do grego: kheir = mão + pteron = asa). É só lembrar de "quiromancia", "pterossauro" etc. Ela tem quase 1.000 espécies (esse número varia um pouco, devido à revisões feitas nas classificações).

    As asas, dentro do grupo dos vertebrados, são modificações dos membros anteriores ("braços"), por isso, aves e morcegos só tem duas asas (insetos podem ter quatro). As asas dos morcegos são únicas, sendo bem diferentes das asas de aves e dos extintos pterossauros.

    Os morcegos têm cinco dedos (como nós) em cada mão, as aves têm três e os pterossauros tinham quatro. Nos morcegos, há uma mebrana (patágio) que se extende desde o corpo e engloba quatro dos cinco dedos, formando a asa. As aves têm a asa formada por penas, que não são vivas como a membrana dos morcegos, podendo ser perdidas sem maiores prejuízos. Dê uma olhada nesta figura:

  1. Dispersam (espalham) as sementes dos frutos que comem, aumentando a chance de elas chegarem a locais favoráveis à germinação.

  2. Polinizam flores, assim como as abelhas e pássaros, ajudando muito na sua reprodução.

  3. São fundamentais na regeneração de áreas desmatadas, pelas duas razões acima.

  4. Controlam populações de animais, como insetos (mosquitos, besouros, mariposas, gafanhotos etc.) e pequenos vertebrados (roedores, sapos, pássaros etc.). Sem os morcegos para nos ajudarem, as pragas causariam muito mais danos.

  5. Tornam o mundo mais bonito, com suas variadas formas, cores e comportamentos. Além disso, são os "parentes" mais próximos das pessoas que podem voar, habilidade com que muitos sonham...

    A destruição vem ocorrendo continuamente, mediante o crescimento econômico. A maioria das espécies de morcegos é sensível ao desmatamento, com tendência a desaparecer. Em Londrina uma espécie já se encontra em extinção.

    Nos anos 80 desaparecia em todo mundo, uma espécie animal ou vegetal por hora. Então pergunta-se: o que já não perdemos com a destruição de 90% das florestas do Paraná? PORTANTO VAMOS PROTEGER O QUE NOS RESTA.

 

Noctilio leporinus (Linnaeus, 1758)

    É um morcego encontrado perto das águas, utiliza seus grandes pés para pescar. Alimenta-se de pequenos peixes e de insetos. É considerado grande, com aproximadamente 65 g. Pertence à Família NOCTILIONIDAE.

 

 

 

Anoura caudifer (E. Geoffroy, 1818)

    É muito importante na polinização das plantas. Alimenta-se predominantemente de nectar e pólen.. Tem uma língua muito comprida para retirar o pólen das plantas assim como os beija-flores. Peso aproximado de 6 g. Família PHYLLOSTOMIDAE.

 

Carollia perspicillata (Linnaeus, 1758)

   Comum nas capoeiras, geralmente encontrado repousando durante o dia nas tubulações de e esgoto. É frugívoro, se alimenta principalmente de Piperáceas, da qual é importante dispersor. Peso aproximado 17 g. Família PHYLLOSTOMIDAE.

 

 

 

Artibeus lituratus (Olfers, 1818)

    É o maior morcego frugívoro e o mais encontrado nas matas e capoeiras da região. Se alimenta de quase todos os frutos disponíveis que possa encontrar. Pesa aproximadamente 67g. Família PHYLLOSTOMIDAE.

 

Sturnira lilium (E. Geoffroy, 1810)

    É o segundo morcego frugívoro mais capturado nas matas e capoeiras da região. É importante dispersor de solanáceas, seu alimento preferido. Peso aproximado de 18 g. Família PHYLLOSTOMIDAE.

 

 

 

Desmodus rotundus (E. Geoffroy, 1810)

É o morcego vampiro mais encontrado na região. Vive preferencialmente em oco de árvores ou grutas nas matas próximas às fazendas de gado. Alimenta-se de sangue. Peso aproximado de 29 g. Família DESMODONTIDAE.

 

Myotis nigricans (Schinz, 1821)

    São os morcegos insetívoro mais capturados nas matas e capoeiras. Comumente encontrado em ocos de árvores e frestas, algumas vezes associado com outras espécies. Alimenta-se de pequenos insetos. Peso aproximado 3,5 g. Família VESPERTILIONIDAE.

 

 

Myotis ruber (E. Geoffroy, 1806)

    Espécie insetívora AMEAÇADA DE EXTINÇÃO. Muito sensível às mudanças ambientais provocadas pelo homem. Está desaparecendo pela destruição das matas. Alimenta-se de pequenos insetos. Peso aproximado de 4 g. Família VESPERTILIONIDAE.

 

Molossus ater E. Geoffroy, 1805

    É muito bem adaptado à zona urbana, sendo mais encontrado no forro das residências da região. Insetívoro, voa acima das árvores, onde captura suas presas. Pesa aproximadamente 24 g. Família MOLOSSIDAE.

 

 

   Os Morcegos podem parecer até mesmo horríveis ao olhares dos homens, sem visão pessoas sem noções de arbitrariedade e não tem o mínimo de conhecimento da força da natureza, enquanto matamos tudo que nos cerca, matamos também o nosso futuro e a inexistência da vida.

Os Predadores naturais do morcego

Serpentes
Corujas
Ratos
Gambás
Gatos
Gaviões
E, pasmem algumas espécies de sapos e claro maior e mais perigoso o homem.

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 01 outubro, 2014. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Politica de Privacidade) Melhor visualizado em 1280x800

 

Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região