Reciclagem Emprego Desaparecidos Astronomia Ecologia Animais Dinossauros Vídeos Noticias Pesquisar Anuncie Home

Retorno

Lista de Aves

Salangana

 
 
 

Íbis-eremita

(Geronticus eremita)

 

Eremita aquele que fica entocado, isolado.o

 

  A Íbis-eremita uma espécie criticamente em perigo (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza).. Existindo no Médio Oriente, no Egito, no Sul da Europa e nos Alpes. Íbis-eremita desapareceram da Europa no final do século XVII. Até há alguns anos, existiam várias colônias de nidificação em Marrocos e na Argélia e uma colônia em Birecik, na Turquia, que se extinguiu, em 1989, apesar de ainda nidificarem nesse local algumas aves de Íbis-eremita provenientes de cativeiro.

  Em 1953, nidificavam 530 casais em Birecik, mas mais de 600 indivíduos morreram na última metade dos anos 1950, principalmente em conseqüência de envenenamentos com inseticida para os gafanhotos, um dos alimentos preferidos da Íbis-eremita. O efeito do uso de inseticida manteve-se por vários anos, tendo-se chegado à contagem de apenas 23 casais de Íbis-eremita, em 1973. Só em 1977 foi iniciado um programa de recuperação desta população, liderado pela WWF (World Wildlife Found), ao qual aderiram várias organizações internacionais.

  Contudo, o início tardio do programa, numa altura em que já existiam poucos indivíduos em liberdade, associado a vários erros de ordem técnica e à ineficácia do governo turco no controle do uso de pesticidas na região culminaram com a redução da população selvagem a um único indivíduo de Íbis-eremita, em 1989. Atualmente, os esforços concentram-se na população de Marrocos, estimada em cerca de 200 indivíduos, mas os fatores de ameaça à espécie já referidos fazem um contrapeso forte às ações de conservação. Tem sido, colocada a hipótese da realização de reintroduções em outras zonas da sua presumível anterior área de distribuição, tais como Israel (projeto cuja realização tem tido fracos resultados) ou mesmo o Parque Natural do Cabo de Gata, em Espanha. As ameaças principais a esta espécie foram e são a perturbação dos locais de nidificação, a perseguição direta pelo Homem e o uso de pesticidas na agricultura.

   O comprimento do corpo da Íbis-eremita é 70-80 e, medem cm 125 a 135 cm de envergadura de asas. A plumagem é negra com reflexos de cor púrpura e verde-metálico nas partes superiores das asas. Não possuem penas na parte anterior da cabeça e na garganta, apresentando aí pele nua de cor rosada e negra na testa. Ao contrario da cabeça e garganta, as penas são bastante compridas na nuca e na parte posterior do pescoço. As patas têm tonalidade carmim. O bico também é carmim, longo, estreito e curvado para baixo.
  A dieta da Íbis-eremita é muito diversificada. Consiste principalmente em insetos (tais como, gafanhotos e escaravelhos) e pequenos répteis, mas podem ainda ingerir lagartas, ovos de formigas, minhocas, caracóis, aranhas, escorpiões, anfíbios adultos e girinos, peixes, pequenos mamíferos e crias de aves e, ainda, matéria vegetal (rizomas, rebentos e bagas).
  As Íbis-eremitas constroem seus ninhos em escarpas rochosas. A época de nidificação começa em Fevereiro e as posturas decorrem de Março a Abril. Formam colônias com três a 40 casais. O ninho é uma plataforma de ramos e herbáceas. A postura é normalmente de dois a quatro ovos, cuja incubação é realizada durante 24 a 28 dias.Os filhotes são totalmente dependentes dos pais durante os primeiros tempos de vida. Os filhotes abandonam o ninho com 43 a 47 dias, e eles têm a cabeça quase totalmente coberto por penas brancas e pretas e não têm as penas de pescoço, e em adultos essa falta de penas ajudam a tornar o aspecto mais gritante como um eremita. Atingem a maturidade sexual aos três anos de idade, embora geralmente não se reproduzam antes dos seis anos.
  Sua classificação física é, endotérmico; simetria bilateral; bípede; aerodinâmico.
  Não apresenta dimorfismo sexual.


Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Ciconiiformes
Família: Threskiornithidae

 

CARACTERÍSTICAS:
Comprimento do corpo: 70-80 cm.
Envergadura: 1,25-1,35 m.
Período de incubação: 24-28 dias.
Número de filhotes: 4
Maturidade sexual: 6 anos
características reprodutivas: ovíparo; sexual; dióico; fertilização interna; monógama.
Estrutura social: Grupos pequenos.
Predadores principais: Homem.
comportamentais: móvel; diurno.
alimentares: onívoro; heterótrofo.

 

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 30 abril, 2014. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Politica de Privacidade) Melhor visualizado em 1280x800

 

Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região