Reciclagem Emprego Desaparecidos Astronomia Ecologia Animais Dinossauros Vídeos Noticias Pesquisar Anuncie Home

Retorno

Lista de Mamíferos

Rinoceronte de Java

 
 
Em extinção Eminente

Rinoceronte Branco

[Ceratotherium simum]

 

 

This text will be replaced

  Um bom gênio por trás da carapaça

  Comprimento total 4,5 a 4,8m; tamanho do rabo 1m; altura do dorso 1,8m.  O maior chifre frontal foi visto no sul da áfrica medindo 1,58m.Pontos de identificação: Grande, focinho quadrado e largo, cabeça grande direcionada pra baixo, uma corcova no pescoço, orelhas grandes e pontudas, dois chifres sobre a face.Descrição: O rinoceronte "beiço-quadrado", também é conhecido como rinoceronte branco, apesar de ser cinza. E também por se rolar na lama, o rinoceronte pode ter a tonalidade da mesma. énotadamente maior que o rinoceronte "beiço de gancho" e tem uma grande corcova sobre o pescoço com uma longa e pesada cabeça que fica pendurada a poucos centímetros do solo. Seu nome deriva do amplo focinho quadrado adaptado para a pastagem.

  Dos dois chifres da face o frontal é o mais longo. As orelhas são grandes e pontiagudas.

  Uma vez amplamente distribuído pela áfrica nas savanas, agora está limitado a pequenas áreas isoladas. As espécies do sul foram restritas às reservas de criação de Umfolozi (KwaZulu-Natal) no início do século. Atualmente está amplamente distribuído pelas reservas e fazendas por toda a parte de sua área anterior. Populações reintroduzidas em Botswana foram caçadas até quase a sua extinção e no Zimbabwe estão sob severa pressão. Até o momento a maioria está localizada no sul da áfrica A espécie do norte (cottoni) está somente presente no Parque Nacional de Garamba, na área rural das savanas no nordeste do Zaire (30 animais) e uma possível remanescente pode sobreviver em áreas adjacentes ao Sudão. Visitantes que vão ao Kenya podem observar o rinoceronte "beiço-quadrado"no Parque Nacional de Lake Nakuru e Soli Ranch, berço de origem das populações da raça do sul.

  A população total das sub-espécies do norte está estimada em 36 das quais pelo menos 30 estão localizadas em Garamba, com sobreviventes remanescentes do Sudão, mas não por muito tempo. Em 1958 foi estimado que pelo menos 1000 rinocerontes perambulavam nesta reserva com um número similar no sul do Sudão, enquanto também ocorriam nas savanas da República Central da áfrica e Uganda. Aproximadamente 5000 das sub-espécies do sul sobrevivem no sul da áfrica, como o maior grupo do Parque Nacional Kruger seguido pelo grupo do complexo de Umfolosi/Hluhluwe, enquanto números significativos são também encontrados em numerosas fazendas de criação e reservas naturais privadas.

  Onde vive: Mostram uma distinta preferência por áreas de savanas com grama curta, com acesso a densos arbustos cobertos por sombra, e água para beber e se embolar. Os habitats preferidos são aqueles que misturam grama com florestas abertas.

  Comportamento: Mais sociáveis que os beiço de gancho, com grupos típicos constituídos de territórios de machos líderes, subordinados, fêmeas e filhotes. Os líderes só se movem para fora da área se não tiverem acesso direto a água, deixando cada 3 ou 4 dias sem beber. Esses movimentos são geralmente lineares com pequenos desvios e os mesmos caminhos são utilizados. Outros machos são geralmente tolerantes a entrada de outros machos se estes mostrarem comportamento de subordinação.

 

   Os territórios são bem pequenos - pesquisas mostram que estes possuem menos que 3Km quadrados mas o tamanho é de acordo com a qualidade e abundância de comida. As fêmeas ocupam áreas entre 6 e 20Km quadrados que podem ultrapassar os territórios de diversos machos. Embora lutas pelos territórios são geralmente evitadas, graves conflitos podem ocorrer particularmente quando o macho está em companhia de fêmeas no cio. Os machos demarcam seu território com excrementos em volta do perímetro assim como dentro dele que é envolvido com areia com as patas traseiras após a defecação.

 

 

    A urina também tem a função de demarcar o território. A alimentação se dá nas horas frescas do dia e a noite, e procuram por sombra durante as horas mais quentes do dia. Apesar de sua aparência volumosa eles podem alcançar uma velocidade de 40Km/h quando sob stress. A visão é deficiente mas os seus sentidos de audição e olfato são apurados. Geralmente são mais tolerantes a presença humana do que os beiços de gancho. Mas, a aproximação a põem direção a estes animais deve ser feita com muita precaução pois já houveram muitas fatalidades.

  Alimentação: Eles selecionam o pasto mostrando uma distinta preferência por espécies de grama curta.

  Reprodução: Após o período de gestação de aproximadamente 480 dias, um único filhote pesando em torno de 40Kg nasce. A fêmea sai para dar a luz permanecendo à parte por diversos dias. O filhote anda na frente da mãe. Os filhotes podem nascer em qualquer período do ano, mas em KwaZulu-Natal há picos em março e julho. O filhote permanece com a mãe por um período de 2 a 3 anos após o nascimento.

Nome Inglês  White Rhinoceros

Nome Científico  Ceratotherium simum

FILO: Chordata

CLASSE : Mammalia

ORDEM: Perissodactyla

FAMÍLIA: Rhinocerotidae

CARACTERÍSTICAS:

COMPRIMENTO: 4 m

ALTURA NO GARROTE: 2 m

PESO: até 4 toneladas

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 30 abril, 2014. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Politica de Privacidade) Melhor visualizado em 1280x800

 

Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região