Pesquisar

Animais e Meio Ambiente

Endereços úteis

sAnuncie

Bate Papo

HOME

Cidades Emprego Astronomia Desaparecidos Noticias Fale Conosco

Pagina Inicial

Metais
Papel
Perigosos
Plásticos
Vidro
Entulho
Orgânicos
Borracha pneus
Preços de material
Maquinários

Recicladores

ABS
Alumínios
Baterias
Borracha pneus
Bombonas
Cartuchos de Tintas
Coco
Eletroeletrônicos
Embalagens
EVA
Lampadas comuns
Lâmpadas Fluorescentes
Longa Vida
Madeira
Matéria Orgânica
Metais Ferrosos
Nylon
Óleo Lubrificante
Óleo Vegetal
Outros
Outros Metais
Papel
Papelão
PEAD
PEBD
PET
Pilhas
Plásticos Filme
PP
PS
PVC
Serragem
Solvente
Tambores
Tecidos
Tintas
Vidros
Lixo Tecnológico
Lixo sem dono
Lixo Hospitalar
Poluição em geral

Meio Ambiente

O que é Meio Ambiente
Declaração do Ambiente
Aqüíferos
Água o liquido precioso
Anfíbios
Arvores
Animais Pré-histórico
Animais em extinção
Aves
Baleias  ancestrais
Cães
Celenterados ou Cnidários
Cobras
Crustáceos
Donativos voluntários
Equinodermos
Gatos
Grandes Felinos
Insetos
Macacos
Mamíferos em geral
Moluscos
Oceanos e Rios
Peixes água doce
Peixes água salgada
Poríferos
Protozoários
Répteis em geral
Tartarugas
Vídeos de Animais

Estados do Brasil

Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Mato Grosso do Sul
Mato Grosso
Maranhão
Minas Gerais
Paraíba
Pará
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio De Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
São Paulo
Santa Catarina
Sergipe
Tocantins

Noticias

Noticias Gerais
Aquecimento global
Ciência
Cotidiano
Destaque
Dinossauros
Educação
Esportes
Especial
Economia
Internet
Mundo
Política
Meio Ambiente
Saúde
Super gatas
Tecnologia
Turismo
Vida Animal

 

Transforme sua Cidade em um paraíso

 

 
 

Historia do Plástico

 

Preços de material

 
   

As sacolas de plástico podem permanecer mil anos no meio ambiente.
Com a quantidade de petróleo necessária para fabricar uma bolsa de plástico, um carro poderia percorrer 115 metros.
Usa-se 70% a menos de energia para reciclar plástico do que para fabricar plástico novo.
Na remota ilha Midway, no Oceano Pacífico, encontraram-se restos de sacolas de plástico nos esôfagos de 90% das crias de albatroz.
O plástico mata cada ano cerca de 1 milhão de aves marinhas, 100.000 mamíferos e inumeráveis peixes.
Em Bangladesh, Taiwan, Austrália, África do Sul e algumas zonas da Índia, é proibido o uso de certo tipo de sacolas de plástico nas lojas.
Na Irlanda e Dinamarca existe um imposto pelo uso de sacolas de plástico, para reduzir seu consumo.
O presidente do Clean Up the World, Ian Kiernan, fundou a campanha ao notar enquanto navegava ao redor do mundo, a quantidade de plástico e resíduos que bóia no oceano. Exija que seu supermercado use sacolas biodegradáveis que já existe no mercado.

Hoje o plástico faz parte de nossa vida. Observando o ambiente, nota-se que grande parte dos utensílios - dos óculos à sola de sapato, do móvel de cozinha ao painel do automóvel - é feita deste material.

MAS DE ONDE VÊM OS PLÁSTICOS?

 

O plástico vem das resinas derivadas do petróleo e que pode ser moldado de várias formas, sem se quebrar. Pertence ao grupo dos polímeros, moléculas muito grandes, com características especiais e variadas.

 

Algumas das razões para tanto sucesso do plástico são sua leveza (o que facilita o transporte), o fato de ser maleável e não se estilhaçar quando se quebra.

 TIPOS DE PLÁSTICOS

Existem muitos tipos de plásticos. Os mais rígidos, os fininhos e fáceis de amassar, os transparentes, etc..

São divididos em dois grupos de acordo com as suas características de fusão ou derretimento: termoplásticos e termorígidos.

Os termoplásticos são aqueles que amolecem ao serem aquecidos, podendo ser moldados, e quando resfriados ficam sólidos e tomam uma nova forma. Esse processo pode ser repetido várias vezes. Correspondem a 80% dos plásticos consumidos.

Os termorígidos ou termofixos são aqueles que não derretem e que apesar de não poderem ser mais moldados, podem ser pulverizados e aproveitados como carga ou serem incinerados para recuperação de energia.

Tipos

Aplicações

TERMOPLÁSTICOS

1. PET - Polietileno Tereftalato Frascos de refrigerantes, produtos farmacêuticos, produtos de limpeza, mantas de impermeabilização e fibras têxteis;
2. PEAD - Polietileno de Alta Densidade Embalagens para cosméticos, produtos químicos e de limpeza, tubos para líquidos e gás, tanques de combustível para veículos automotivos;
3. PVC - Policloreto de Vinila Frascos de água mineral, tubos e conexões, calçados, encapamentos de cabos elétricos, equipamentos médico-cirúrgicos, esquadrias e revestimentos.
4. PEDB - Polietileno de Baixa Densidade Embalagens de alimentos, sacos industriais, sacos para lixo, lonas agrícolas, filmes flexíveis para embalagens e rótulos de brinquedos;
5. PP - Polipropileno Embalagens de massas e biscoitos, potes de margarina, seringas descartáveis, equipamentos médico-cirúrgicos, fibras e fios têxteis, utilidades domésticas, autopeças (pára-choques de carro);
6. PS - Poliestireno Copos descartáveis, placas isolantes, aparelhos de som e tv, embalagens de alimentos, revestimento de geladeiras, material escolar;
7. Outros Plásticos especiais e de engenharia, CDs, eletrodomésticos, corpos de computadores,
TERMORRÍGIDOS: PU - Poliuretanos, EVA - Poliacetato de Etileno Vinil etc Solados de calçados, interruptores, peças industriais elétricas, peças para banheiro, pratos, travessas, cinzeiros, telefones e etc.

A RECICLAGEM ...

O plástico pode ser reaproveitado de três maneiras:
 

RECICLAGEM ENERGÉTICA - ele é queimado liberando um calor muito forte (superior ao do carvão e próximo ao produzido pelo óleo combustível) que é aproveitado na forma de energia.

RECICLAGEM QUÍMICA – ele é "desmontado" por aquecimento e a matéria-prima pode então ser utilizada novamente na indústria petroquímica.

RECICLAGEM MECÂNICA - no Brasil, é a mais utilizada; é mais barata e mantém uma boa qualidade do produto:

Para facilitar a separação dos materiais plásticos para a reciclagem, foram estabelecidos códigos para diferenciar cada tipo.

Alguns exemplos dos tipos mais utilizados:

PET - (polietileno tereftalado) - garrafas de refrigerante, sucos e óleo de cozinha, Essas embalagens são transparentes e fabricadas em diversas cores.


Plastivida, 1997


Plastivida, 1997

PEAD - (polietileno de alta densidade) - frascos de shampoo e maquiagem, baldes, utensílios domésticos.

V ou PVC - (policloreto de vinila) - tubos e conexões de encanamento; alguns frascos de detergente, pastas para material escolar, calçados. É mais rígido, porém resistente.


Plastivida, 1997


Plastivida, 1997

PEBD - (polietileno de baixa densidade) - plástico "filme" - sacos plásticos de lixo, brinquedos. São finos e bastante flexíveis.

PP - (poliproprileno) - plásticos "filme" de proteção de alimentos, peças de automóveis.


Plastivida, 1997


Plastivida, 1997

PS – (poliestireno) - copos plásticos; sacos de batata.

OUTROS – Utilizados em eletrodomésticos, aparelhos telefônicos, revestimentos diversos, pisos, etc.


Plastivida, 1997

 

 

Conheça o Ache Tudo e Região  o portal de todos Brasileiros. Coloque este portal nos seus favoritos. Cultive o hábito de ler, temos diversidade de informações úteis ao seu dispor. Seja bem vindo , gostamos de suas críticas e sugestões, elas nos ajudam a melhorar a cada ano.

 

Faça parte desta comunidade, venha para o Ache Tudo e Região 
 
 
 

Copyright © 1999 [Ache Tudo e Região]. Todos os direitos reservado. Revisado em: 01 fevereiro, 2014. Não nos responsabilizamos pelo conteúdo expresso nas páginas de parceiros e ou anunciantes. (Privacidade e Segurança) Melhor visualizado em 1024x768